Matérias especiais

Temas: Saúde

Confira as informações reveladas pela PeNSE - Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar 2015 sobre a saúde dos adolescentes que frequentavam o 9º ano do Ensino Fundamental.

Os estudantes Gabriel Belchior e Maíra Vallejo participaram desse especial opinando sobre alguns temas da pesquisa.

Trabalho

De acordo com a Constituição Federal Brasileira, os adolescentes de 14 a 16 anos só podem trabalhar na condição de aprendiz.

Confira a seguir os dados sobre trabalho obtidos na PeNSE 2015:

Trabalho entre estudantes do 9º ano (Brasil - 2015): 86,6% Não trabalham; 12,2% Trabalham e recebem dinheiro por esse trabalho; 1,2% Trabalham e não recebem pelo trabalho

Prática de atividade física

34,4% dos entrevistados praticaram 300 minutos (5 horas), ou mais, de atividade física nos sete dias anteriores à pesquisa; 44,0% dos meninos disseram praticar 300 minutos, ou mais, de atividade física semanal.

Já o percentual para as meninas foi pouco superior a 25,0%.

60,8% dos adolescentes foram classificados como insuficientemente ativos e 4,8% como inativos.

Hábito de assistir televisão

Hábito de assistir televisão entre estudantes do 9º ano (Brasil - 2015): 60% Assistem mais de duas horas de televisão por dia; 40% Não assistem mais de duas horas de televisão por dia

Em 2015, o hábito de assistir mais de duas horas de televisão, num dia de semana, foi referido por aproximadamente 60% dos escolares do 9º ano.

O hábito é mais comum entre as meninas (61,3%) do que entre os meninos (58,1%). Também é relativamente mais frequente entre os alunos de escolas públicas (61,2%) quando comparados aos da rede privada (51,5%).

Hábitos alimentares

Confira no gráfico a seguir o percentual de escolares frequentando o 9º ano do ensino fundamental com consumo de alimentos marcadores de alimentação saudável (MAS) no sete dias anteriores à pesquisa, por tipo de alimento consumido, segundo grupo alimentar:

Porcentagem de estudantes do 9º ano que consomem alimentos marcadores de alimentação saudável e não-saudável (Brasil - 2015): MAS (Marcadores de alimentação saudável) - Feijão 60,7%; Legumes 37,7%; Frutas frescas 32,7%; MANS (Marcadores de alimentação não-saudável) - Salgados fritos 13,7%; Guloseimas 41,6%; Refrigerantes 26,7%; Ultraprocessados salgados 31,3%

Percepção da imagem corporal

18,3% dos alunos disseram se considerar gordos ou muito gordos. Já 25,6% dos alunos relataram desejo de emagrecer; e entre as meninas, 21,8% disseram se achar gorda ou muito gorda e quase um terço delas, 30,3%, relatou o desejo de emagrecer.

Bullying

7,4% dos alunos afirmaram que na maior parte do tempo ou sempre se sentiram humilhados por provocações, nos últimos 30 dias anteriores à pesquisa;

19,8% dos estudantes disseram ter esculachado, zombado, mangado, intimidado ou caçoado algum de seus colegas de escola nos 30 dias anteriores à pesquisa; e

Os principais motivos das provocações dos colegas foram a aparência do corpo (15,6%) e aparência do rosto (10,9%).

Relações Sexuais

27,5 % dos estudantes já tiveram relação sexual alguma vez. Desses, 61,2% disseram ter usado preservativo na primeira relação sexual.

Já na última vez que se relacionaram sexualmente, 66,2% dos estudantes usaram preservativo.

36,0% dos meninos entrevistados disseram já ter se relacionado sexualmente alguma vez, já para as meninas o percentual foi de 19,5%; e 61,5% dos estudantes que já tiveram relação sexual disseram utilizar pílula anticoncepcional.

Acesso na escola às informações sobre sexualidade

87,3% dos estudantes disseram receber informações, na escola, sobre doenças sexualmente transmissíveis e AIDS;

68,4% receberam, na escola, orientações de como adquirir preservativos; e

79,2% dos estudantes disseram receber informações na escola sobre a prevenção da gravidez.

Cigarro e Álcool

18,4% dos estudantes disseram já ter experimentado cigarros;

55,5% dos escolares entrevistados já experimentaram bebida alcoólica; e

23,8% dos estudantes ingeriram bebida alcoólica nos últimos 30 dias anteriores à pesquisa.

Os estudantes e a relação com seus pais ou responsáveis

Conhecimento dos pais ou responsáveis sobre o tempo livre dos estudantes

80,4% dos escolares declararam que os pais ou responsáveis sabiam o que eles faziam no tempo livre, nos últimos 30 dias anteriores à pesquisa.

Falta às aulas sem permissão dos pais ou responsáveis

23,4% dos estudantes entrevistados faltaram a alguma(s) aula(s) nos 30 dias anteriores à pesquisa sem autorização dos responsáveis.

Presença dos pais ou responsáveis durante as refeições

74,0% dos escolares informaram fazer refeições com os pais, no mínimo, em cinco dias da semana anterior à pesquisa.

Entendimento dos pais quanto aos problemas e preocupações dos filhos

66,6% responderam que os pais se preocupavam com os seus problemas e preocupações, nos últimos 30 dias anteriores à pesquisa.

Dados sobre violência

14,5% dos alunos disseram ter sofrido agressão física por adulto da família nos 30 dias anteriores à pesquisa; 23,4% dos estudantes disseram ter se envolvido em alguma briga nos 12 meses anteriores à pesquisa; e 12,3% disseram ter saído seriamente feridos das brigas.

O que você pensa?

Você também pode fazer como a Maíra e o Gabriel! Grave um vídeo com suas opiniões sobre os temas abordados na PeNSE. Depois de fazer o upload, envie o link para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Se preferir, mande suas opiniões através de um texto.

Saiba mais

A terceira edição da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar - PeNSE foi realizada em 2015, a partir de convênio celebrado entre o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE e o Ministério da Saúde, com o apoio do Ministério da Educação.

Os dados apresentados neste especial se referem à Amostra 1 da pesquisa, composta por escolares frequentando o 9º ano do ensino fundamental (antiga 8ª série), no ano de referência da pesquisa.

As respostas dos estudantes foram registradas diretamente em questionário eletrônico, sem necessidade de interferência do entrevistador.

Confira informações mais aprofundadas nos links a seguir:

Canal do IBGE no YouTube IBGE Explica • PeNSE

Agência IBGE de Notícias PeNSE 2015: 55,5% dos estudantes já consumiram bebida alcoólica e 9,0% experimentaram drogas ilícitas

Portal do IBGE Publicação completa "Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar" 2015